FANDOM


Nota: Se procura AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, consulte AAAAA!.


Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Alcoólicos Anônimos.
Cquote1 Foi uuuuu cão qui pois pa nóis bebê!!! Cquote2
Jeremias sobre Alcoólicos Anônimos

Cquote1 Antes um bêbado conhecido do que um Alcoólico Anônimo Cquote2
Ditado popular sobre Alcoólicos Anônimos
Cquote1 Concorrência... Cquote2
Pastor sobre Alcoólicos Anônimos
Cquote1 Na União Soviética, você é que põe pro cão beber. Cquote2
Reversal Russa sobre garçom
Cquote1 Oi [coloque o seu nome aqui]! Cquote2
AA sobre Você

Ficheiro:200px-Aa-logo.jpg

Bem vindo (a) aos Alcoólicos Anônimos. Já obtivemos êxito na cura de mais de dois bilhões de pessoas só na sua família no Brasil desse terrível mal que é o vício em álcool.

Mas o vício em álcool não é uma doença. Isso já foi mais do que porvado.

Isso soa como alguém negando. Álcool é a principal causa de mortes no transito em todo o mundo!

Ei! Você disse: "no trânsito"? Isso não pode ser chamado doença!!!

Sim, claro que pode! Somos especialistas! E estamos aqui por você. Agora, diga-nos seu nome...

Meu nome é Anônimo.

E?

E eu não sou um bebado, Só vim pra cá porque fui obrigado por um juiz!

"Besteira". Essa é a desculpa que todo espancador de mulheres terrorista dá. Você não precisa ser como um deles, não é?

Mas eu não sou alcólatra!

Ah, o segundo estágio é a negação! Vem cá, deixa eu te contar sobre os estágios do alcoolísmo.

Os estágios do Alcoolismo Editar

Ficheiro:Alky.jpg
  1. Bebedeira, resultando em um acidente de trânsito ou na cara da sua mulher.
  2. Negação. Você tenta se convencer que seu vício não existe, não é, de fato, real. Você diz pra si mesmo que não é um alcoólatra, só um choppólatra.
  3. Raiva. Você vai usar de violência física contra pessoas que disserem que você tem um problema.
  4. Barganha. Você vai tentar comprar seu caminho fora dessa situação desalentadora. Isso, é claro, sem levar em conta que ninguém vence o alcoolismo sem nossa ajuda. Ninguém.
  5. Aceitação: Nesse estágio, você finalmente acorda para o fato de que ninguém exceto nós pode ajudalo a vencer sua doença.

Mas alcoolismo não é uma doença!

É sim! Agora vamos aos doze passos.

Puta que pariu! Doze passos? Essa é a maior merda que eu já ouvi na minha vida!

Isso soa como alguém no terceiro estágio...

Os Doze Passos da Recuperação Editar

Eis os doze passos simples para recuperação do alcoolismo:

Passo 1: Dê-nos seu dinheiroEditar

Você precisa doar-nos (a nós, os Alcólatras Anônimos) R$ 1000,00 como ajuda de custo para salvar sua alma de ir pro Inferno.

Mas eu sou Ateu! Eu não acredito no Inferno...'

Isso soa como alguém que não encontrou Jesus. Felizmente, esse é o Passo 2.

Passo 2: Encontre JesusEditar

Ficheiro:Scafa 502 19975.jpg

Você precisa encontrar Jesus. Então, ele poderá poupar sua alma. Alcoólatras são condenados à uma vida no Inferno, mesmo se pararem de beber. Para os alcoólatras, está reservado o décimo terceiro círculo do Inferno, junto com os espancadores de mulheres e os terroristas.

Isso não faz sentido! Seguinte, eu te dou a grana e vou embora, ok!?

Isso soa como alguém no Quarto Estágio.

CALA SUA BOCA, PORRA!

Ahm, é... devolta ao Estágio Três. Vejamos o terceiro passo.

Passo 3: Livre-se de todo álcoolEditar

Esse passo é simples. Simplesmente jogue fora todos os derivados de álcool de sua casa. Para te ajudar na recuperação, permita que nossa equipe de inspeção visite sua casa e tenha certeza absoluta de que você se livrou de tudo o que tem álcool na sua casa, até o desodorante.

Nem a pau! Eu não vou deixar esses idiotas vasculharem minha casa!

Ok, veremos isso mais tarde.

Passo 4: Frequente as reuniõesEditar

Ficheiro:AAinTexas.jpg

Cara reunião demanda um custo de R$ 50,00 e mais R$ 15,00 pelo refrigerante. A cada reunião, cada ex-bebum vai dizer a quanto tempo não enche os cornos. Vejamos como se sai nosso mais novo adepto. Anônimo, se puder nos prestigiar...

Eu não vou falar merda nenhuma

Que pena. O juiz diz que você deve...

Tá! Meu nome é Anônimo, e eu não bebo há três anos.

Agora sabemos que você é um grande fanfarrão, não é pessoal?

Mas não sou! Eu não estava bêbado quando bati o carro. Eu não bebo desde o meu casamento!

Normalmente pouco antes do Quarto Estágio, (barganha), você conta algumas mentirinhas tentando empurrar seu problema pra debaixo do tapete.

Que diabos há de errado com vocês? Eu NÃO BEBO. Mais ainda, eu acho que eu já passei do Estágio Quatro faz tempo!!!

Claro que não.

Mas tinha! Você fumou maconha! Escuta, eu vou pagar, eu pago 200 paus pra sumir daqui agora!!!

E o que temos agora: Barganha!

Passo 5: Faça um inventário pessoalEditar

O próximo passo é tomar nota de tudo o que pode te lembrar, de alguma forma, a bebida. Isso inclue TUDO: computador, televisão, rádio, coisas de valor e toda grana que você tem guardada. De fato, para se livrar verdadeiramente do álcool e sua má influência, você deve se desfazer de todas essas coisas, doando-as ao líder local do grupo AA. Só assim você poderá ser curado.

Eu devo doar?!?! Isso soa como picaretagem pra mim...

Escuta, você quer ser salvo, ou não?

Ai meu PAI!!!. A merda é que o unico jeito de eu me livrar de babacas como vocês é admitir que eu sou um bêbado! Ok, eu sou alcoólatra..."

Ele tomou conciência (admissão é o Quinto Estágio). Anônimo está tendo um enorme progresso.

Beleza, posso ir até meu carro, um segundinho?

Claro, mas certifique-se de não trazer nenhuma biritinha escondida no bolso! Nós não queremos mais saber de você espancando sua esposa.

Mas eu nunca... aff

Cinco minutos depois:

Cura ISSO, seus FILHOS DE UMA PUTA!!!

Ai meu Padin Padi Cisro, um três-oitão!

Ficheiro:Blood Spatter.jpg

TestemunhosEditar

Matar aquele corno foi a melhor coisa que ja fiz! Tô curado! Nunca mais vou cherar farinha de novo. Meu novo vício é matar! Vou sumir daqui pra casa do caralho antes que os homi cheguem.

Ver tambémEditar

en:Alcoholics Anonymous

de:AA fi:Anonyymit Alkoholistit pl:Anonimowi Alkoholicy zh-tw:AA

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.